Início / Assistência e Manutenção / Quais os cuidados com ar-condicionado que devo ficar atento?

Quais os cuidados com ar-condicionado que devo ficar atento?

O Piauí é um estado naturalmente quente e, por isso, é comum haver equipamentos de ar-condicionado nas casas e nos estabelecimentos comerciais. Devido ao uso constante, muitas pessoas associam a exposição a esses aparelhos a problemas respiratórios.

No entanto, quando se trata dos efeitos do ar-condicionado em nossa saúde, a questão pode estar relacionada às rotinas de manutenção, que são muito mais simples de serem resolvidas.

A seguir, vamos mostrar quais são os cuidados com o ar-condicionado que devem ser tomados para prevenir problemas respiratórios e garantir mais saúde a você, sua família e seus colegas de trabalho. Acompanhe!

A importância de manter a higiene do ar-condicionado

Filtros sujos e tubulações ou aberturas por limpar, além de uma má manutenção em geral, podem fazer com que seu sistema de ar-condicionado libere mofo ou outros contaminantes no ar que você respira.

Estudos indicam que filtros sujos permitem que pólen, pesticidas e outros poluentes do ar entrem e se acumulem no ambiente. Tais substâncias podem afetar negativamente a saúde de todos que frequentam o local.

Os potenciais problemas para a saúde

Enquanto a mera exposição ao ar-condicionado não está diretamente relacionada a doenças, o contato constante com um ar contaminado por impurezas pode contribuir para o surgimento de determinados problemas de saúde.

Se o ar interno é mal distribuído ou contém alérgenos, você pode começar a sofrer de problemas nasais, coceira nos olhos, dores de cabeça, tonturas ou dificuldade respiratória. Veja, abaixo, quais são as demais complicações que podem surgir.

Resfriados e outras doenças respiratórias

Quando os filtros não são trocados e a limpeza ocorre de forma inadequada, o equipamento pode deixar o ar mais seco e com qualidade reduzida. Como consequência, as membranas mucosas da pessoa que entra em contato com o aparelho secam, deixando-a vulnerável a infecções respiratórias, fadiga e outras doenças.

Isso acontece porque as imunoglobulinas na região da garganta precisam da umidade da saliva para que funcionem adequadamente.

A manutenção preventiva

Prevenir é melhor do que remediar. O ar-condicionado é um grande aliado no conforto térmico e chega a ser indispensável em certos ambientes, como salas que abrigam servidores de computadores.

Mas, para que o equipamento tenha um bom desempenho e não prejudique a saúde das pessoas que o utilizam, é necessária uma manutenção constante (assim como ocorre com um carro, por exemplo). Verifique o manual de instruções do aparelho e fique atento aos prazos indicados para as trocas de peças.

Seguir alguns cuidados com o ar-condicionado vai garantir seu melhor aproveitamento e, também, a saúde de todos que frequentam o local. Realizar a manutenção periódica é a principal medida para evitar problemas respiratórios mesmo com uma alta exposição ao aparelho.

 

Fonte: blog.adias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.