Início / Notícias / Com entrega prevista para 2020, obra da nova maternidade tem só 8% executada

Com entrega prevista para 2020, obra da nova maternidade tem só 8% executada

O governador Wellington Dias visitou nesta segunda-feira (20/05) as obras da Unidade de Referência em Alta Complexidade Materno-Infantil de Teresina, na Avenida Presidente Kennedy. A expectativa é que agora, com o final do período chuvoso, as equipes possam executar com maior celeridade os trabalhos, considerando que o prazo de entrega da primeira etapa está para o final de 2020, e até agora somente 8% da obra foi executado.

Em entrevista, o governador destacou que obra tem gerado aproximadamente 500 empregos diretos e indiretos, e que a nova maternidade será uma solução definitiva na melhoria do atendimento à gestante e ao bebê.

— Nós estamos falando de uma maternidade moderna, em condições de atendimento ao bebê, à gestante, do Piauí e também de outras cidades desta região. E em condição de muito maior segurança. Porque nós queremos reduzir tanto a mortalidade infantil como a mortalidade da gestante — destaca.

A obra da nova maternidade tem custo total de R$ 83 milhões, sendo R$ 64 milhões somente para a primeira etapa. Quanto aos equipamentos, a Secretaria de Saúde realiza um levantamento para atualização dos valores.

— Tivemos o esforço da bancada federal, de toda bancada apoiando, em especial dos deputados Iracema [Portella] e Assis [Carvalho], e também do senador Ciro Nogueira. E agora estamos dialogando com a bancada para que a gente possa ter a segunda etapa — explica Wellington.

Para a compra dos equipamentos, o governador pretende incluir previsão no orçamento estadual para 2020.

Apesar de somente 8% da obra estar concluída, o secretário de Saúde, Florentino Neto diz que os trabalhos estão dentro do prazo contratual. Segundo ele, a obra é fiscalizada pelo Núcleo de Infraestrutura da Saúde, pela Caixa Econômica Federal e pela Controladoria Geral do Estado.

— Já concluímos a parte de fundações. Estamos fazendo a concretagem da primeira laje da torre central e as fundações dos anexos à torre central. Na verdade, são duas frentes de obra — explica Florentino, ressaltando que o prazo de execução dos trabalhos é de 24 meses.

 

Matéria: 180º

Receba notificações 24h das Vagas de Empregos, Estágios, Cursos e Concursos em todo Piauí e Maranhão |Baixe grátis nosso Aplicativo no 📲 Google Play 📲 

Veja Também

Jovem Aprendiz do ‘Carvalho’ é assassinado a tiros em praça de Teresina

Um jovem de 18 anos foi assassinado na noite desta sexta-feira (14/06) na praça da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.